Skip to content

Entenda a contabilidade para médicos

Entenda a contabilidade para médicos

Ter um bom controle financeiro é essencial para todo tipo de negócio, inclusive para o setor de saúde. Os profissionais e gestores precisam estar atentos sobre a contabilidade para médicos e clínicas médicas. Afinal, esse controle e acompanhamento financeiro é fundamental para que o negócio funcione de forma sustentável e lucrativa.  

Com uma contabilidade estruturada a clínica se torna muito mais produtiva e, consequentemente, competitiva.

Empreender no Brasil pode ser algo extremamente desafiador, seja na área de saúde ou em outras áreas. Mas a contabilidade para médicos, por se tratar de um ramo tão complexo e lucrativo, em um país repleto de burocracias, requer atenção especial.

Tendo em vista toda essa complexidade, é necessário agir de maneira assertiva, para que sejam evitados diversos problemas. Por isso, saber o que é a contabilidade para médicos e como colocar em prática pode ser muito importante.

Por mais que o foco da maioria dos profissionais da área da saúde seja o bem-estar dos pacientes, tomar alguns cuidados com a contabilidade médica é essencial. Ações como pagamento de impostos, o enquadramento da empresa, dentre outros fatores legais devem ser considerados e cuidadosamente realizados.

O que é a contabilidade para médicos?

A contabilidade é a ciência que estuda e pratica as funções de orientação, controle e registro relativo aos atos e fatos da administração econômica, seja ela na contabilidade para médicos ou para outros profissionais e empresas. A contabilidade se dedica ao estudo dos métodos e das técnicas utilizadas no cálculo e no registro da movimentação financeira de uma pessoa ou companhia.

A contabilidade para médicos visa estudar os registros numéricos realizados, para determinar e ordenar de uma maneira completa, todos os movimentos dos valores de um médico, registrando atos e variações de natureza econômica, que afetam sua dinâmica financeira.

A contabilidade para médicos e outros profissionais da saúde é extremamente importante, pois permite que as obrigações fiscais sejam cumpridas, evitando assim o pagamento de eventuais taxas indevidas e desnecessárias, além de regularizar os impostos e permitir que a cobrança feita aos seus pacientes tenha um valor mais justo e adequado.

Qual a importância da contabilidade para médicos?

Na rotina de trabalho, é comum que os médicos estejam sempre ocupados com seus casos clínicos, analisando prontuários, orientando pacientes ou mesmo aumentando a sua capacitação técnica. No entanto, para ter um negócio de sucesso na área da saúde, a contabilidade e a gestão de finanças do médico são ações simplesmente fundamentais. 

Isso porque a própria legislação brasileira prevê, por exemplo, diferentes naturezas jurídicas e regimes de tributação, de acordo com características como porte da empresa, número dos funcionários e rendimentos anuais. Com isso, a falta de conhecimentos contábeis por parte do médico pode incorrer em muitas dores de cabeça e eventuais prejuízos com multas.

Como fazer a contabilidade para médicos?

Tendo em vista a importância da contabilidade no contexto dos estabelecimentos de saúde, existem algumas ações simples, mas que podem ajudar bastante na contabilidade do médico:

  • Não misture despesas da clínica com os gastos pessoais: por ser um negócio particular, muitos médicos acabam misturando as despesas pessoais com os gastos da empresa, o que prejudica o acompanhamento financeiro. Portanto, quando for organizar as entradas e saídas é importante distinguir ambas despesas;
  • Faça o acompanhamento do fluxo de caixa: a saúde financeira de qualquer estabelecimento começa com um acompanhamento assertivo do fluxo de caixa. Para que isso seja possível, a contabilidade médica deve categorizar os gastos e entradas detalhadamente;
  • Tenha um planejamento financeiro: além de acompanhar a movimentação financeira, também é importante criar um plano de ação para o futuro. De forma prática, com um planejamento financeiro, é possível prever se o negócio terá recursos financeiros para ações como novas contratações, aquisição de novos equipamentos etcs.;
  • Utilize a tecnologia a seu favor: a tecnologia é uma grande aliada para a otimização da contabilidade médica. Atualmente é possível encontrar diversas opções de softwares e aplicativos exclusivos para o setor que trazem benefícios como aumento da produtividade, eliminação de burocracias, entre outros;
  • Atenção com a gestão de estoque: uma etapa que pode passar despercebida por muitos, mas que gera grandes impactos na contabilidade de clínicas médicas é a gestão de estoque. O acompanhamento dos insumos é fundamental para evitar gastos excessivos e desnecessários;
  • Conte com a ajuda de um contador: o controle da contabilidade para médicos pode ser desafiador, principalmente pelo nível de especificidade de determinados trâmites. Por isso, é recomendado ajuda profissional de um contador ou empresa especializada;
  • Atenção com a tributação: outra importante tarefa da contabilidade para médicos é a escolha do melhor tipo de tributação.  Para isso, é importante conhecer as modalidades e entender qual delas terá o melhor enquadramento, pagando menos impostos e, ao mesmo tempo, mantendo-se em dia com o Fisco.

Uma boa contabilidade para médicos consiste em manter as contas bem organizadas. A desorganização tende a deixar o negócio mais vulnerável a falhas ou esquecimentos.

Atuar como pessoa jurídica

Um tema que gera bastante debate entre os médicos é se vale a pena atuar como pessoa jurídica. Logicamente, cada caso é um caso, mas, normalmente, trata-se de uma escolha vantajosa, uma vez que traz melhores previsões e também modelos específicos de contabilidade.

Além disso, a carga de tributos é menor, o que se reflete em mais economia e um melhor nível de faturamento. Para os egressos de medicina, são desmobilizadas três opções: as Microempresas, Empresa de Pequeno e de Médio Portes.

Uma dica valiosa na contabilidade para médicos é contar com um bom contador ou empresa de contabilidade. Por mais que você lide bem com números e esteja familiarizado com o universo tributário brasileiro, a ajuda de um profissional especializado pode evitar prejuízos e apontar caminhos muito interessantes.

O contador pode contribuir, por exemplo, para a escolha do Regime Tributário mais adequado. Além disso, poderá lidar facilmente com o imenso volume de dados e informações que circulam pelo negócio, possibilitando que o médico e demais colaboradores possam focar em suas atividades e oferecer um serviço com ainda mais qualidade.

Esperamos que este texto tenha esclarecido um pouco mais sobre o que é a contabilidade para médicos e quais são os principais pontos que devem ser considerados na hora de cuidar dos lucros e tributos relativos ao seu negócio.

Para você que quer ter apoio contábil, converse com a equipe Jotagê contabilidade. Nós temos uma equipe especializada e pronta para te atender!

Entre em contato com nossos especialistas e saiba mais!

Related Post

Profissional de TI precisa abrir um CNPJ?

Com a crescente dependência da sociedade na tecnologia, os profissionais de TI estão mais em demanda do que nunca.

Qual o momento de migrar de MEI para ME?

Uma das decisões cruciais que os empreendedores enfrentam é determinar o momento apropriado para migrar de MEI, Microempreendedor Individual, para ME, Microempresa.

Médico precisa ter contabilidade?

A medicina é uma vocação nobre e desafiadora, centrada no cuidado da saúde e bem-estar das pessoas. No entanto, por trás do estetoscópio e da bata branca, os médicos também

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powering over 1.5 million websites worldwide

Our set he for firmament morning sixth subdue darkness creeping gathered divide our let god moving.

Or

+10 378 267 3782